Izabel Eri Diehl de Camargo, Caminhos da Vida

"São os passos que fazem o caminho". Mario Quintana

Meu Diário
03/04/2013 22h27
Cérebro

 

Enxerguei o mapa do cérebro

entrei na sala do neocórtex reuni os pensamentos

segui a linha do corpo caloso consultei o hipocampo

conheci o mapa da fala e o da visão

parei na encruzilhada  avistei a sala da memória

consultei  o caminho da escrita

cumprimentei o cerebelo

ele convidou-me para dançar

entrei na sala da música

acompanhei o ritmo de corpo e alma

analisei os desenhos

visitei o jardim da imaginação

parei na casa do tálamo

brinquei com os circuitos elétricos

registrei os caminhos no mapa da vida...

 

 


Publicado por Izabel Camargo em 03/04/2013 às 22h27
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
03/04/2013 18h24
Procura

 

Andei pelas ruas.

Olhei. Olhei.

Enxerguei luz, flor, gente.

Passei pelas praças.

Não te vi.

 

Entrei no labirinto do jardim,

viajei, viajei...

Falei teu nome com o coração.

Não te encontrei.

 

Procurei por ti.

Chamei.

Escutei um eco,

era do meu grito...

 

 


Publicado por Izabel Camargo em 03/04/2013 às 18h24
 
03/04/2013 18h09
Areia

 

Enchi as mãos de grãos

segurei firme

eles fugiram entre os dedos.

 

Juntei areia fina

segurei na mão entreaberta

o grão de amor permaneceu.


Publicado por Izabel Camargo em 03/04/2013 às 18h09
 
03/04/2013 17h44
Turista da lua

 

Fui à lua e fiz um "tour"

pisei na lua rochosa

senti a lua etérea

respirei a lua gasosa

conversei com a lua cheia

dormi um século e voltei

ela olhou para a Terra

mandou quatro retratos

com cores e luz

embarquei no satélite

trouxe  recados:

minguar a violência

restaurar a fraternidade

ampliar a energia

encher o coração de amor

praticar a filosofia

do Mestre Jesus...

 

 


Publicado por Izabel Camargo em 03/04/2013 às 17h44
 
03/04/2013 17h41
Água

 

Embarquei no oceano

dei a volta ao mundo

tremi de medo das ondas

ingeri o calmante das águas

firmei os olhos aos céus

cruzei a tempestade

vi um novo tempo

cheguei ao ancoradouro.

 

 


Publicado por Izabel Camargo em 03/04/2013 às 17h41



Página 6 de 8 1 2 3 4 5 6 7 8 [«anterior] [próxima»]

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras