Izabel Eri Diehl de Camargo, Caminhos da Vida

"São os passos que fazem o caminho". Mario Quintana

Textos


                     Imagem do Google
        Havia uma tábua à beira do riacho. Era firme sobre pedras, nas duas pontas. A mocinha alegre, ajoelhada, lavava roupas da família, com uma técnica perfeita. Ouvia o cantar da água que corria cristalina. Ela sorria, ao admirar seu retrato, no espelho natural. Olhava para as árvores floridas e cantava uma canção chamada Jardineira.
   Concluído o trabalho, retornava para casa, fazendo musculação. Depois do almoço  escutava a novela através do rádio. Mais tarde, ao realizar outras tarefas, sua mãe dizia:
— Liga o rádio para ouvir música!
— Hoje não precisa, eu canto.
Na verdade o mundo era todo dela.
Que lindo coração!
Será que hoje a felicidade mudou de lugar?
Izabel Camargo
Enviado por Izabel Camargo em 09/02/2018

Música: Romance of love - Paul Mauriat

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras